Novo premiê egípcio não terá controle sobre Exército

Primeiro-ministro interino Kamal Ganzuri teve poderes concedidos pelo conselho militar que governa o pas rabe, menos sobre o Exrcito e o Judicirio

www.brasil247.com - Novo premiê egípcio não terá controle sobre Exército
Novo premiê egípcio não terá controle sobre Exército (Foto: REUTERS)


O conselho militar que governa o Egito concedeu poderes presidenciais ao primeiro-ministro interino do país, Kamal Ganzuri, mas destacou que ele não terá controle sobre o Exército nem o Judiciário.

"O conselho Supremo das Forças Armadas delegou poderes presidenciais a Kamal Ganzuri, de acordo com a lei, mas isso não inclui as Forças Armadas e o Judiciário", informou a agência oficial de notícias Mena.

Ganzuri anunciou seu novo gabinete nesta quarta-feira, nomeando um ex-chefe de polícia do Cairo para a importante posição de Ministro do Interior, informou a televisão estatal.

Ganzuri, de 78 anos, que ocupou o cargo de premiê durante o governo de Hosni Mubarak, foi indicado cerca de duas semanas atrás, mas teve dificuldades para escolher um novo ministro do Interior, que é responsável pela polícia.

Mohammed Ibrahim Yusuf, que comandou a polícia no distrito de Giza, na capital, foi empossado perante o chefe do conselho militar, Marechal de Campo Hussein Tantawi, informou a televisão estatal.

O novo ministro de Finanças é Mumtaz al-Said e a pasta de Relações Exteriores foi mantida por Mohammed Kamel Amr.

O segundo gabinete interino desde a queda do ex-presidente Hosni Mubarak em fevereiro renunciou em 21 de novembro sob pressão dos violentos protestos contra sua atuação na transição do país para a democracia. As informações são da Dow Jones.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email