“O pior está por vir”, diz imunologista dos EUA Anthony Fauci sobre a pandemia

"Podemos ter um forte aumento de infectados por causa das viagens de fim de ano e da provável reunião de pessoas (...) o pior ainda está por vir", disse o imunologista Anthony Fauci, que também é conselheiro do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para assuntos relacionados à Covid-19

(Foto: REUTERS/Leah Millis)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O imunologista Anthony Fauci afirmou, neste domingo (27), acreditar que o pior da pandemia do coronavírus "ainda está por vir". "Estamos realmente em um ponto muito crítico. Podemos ter um forte aumento de infectados por causa das viagens de fim de ano e da provável reunião de pessoas (...). O pior ainda está por vir", disse o médico, conselheiro do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para assuntos relacionados à Covid-19. A entrevista foi concedida à CNN.

Sobre a nova variante do Sars-CoV-2, encontrado no Reino Unido, o médico afirmou que a mudança não parece tornar as pessoas mais doentes.

continua após o anúncio

"Obviamente, isso é algo que sempre levamos a sério, mas acho que o público precisa se lembrar que esses são vírus de RNA e estão em mutação contínua o tempo todo. Na maioria das vezes, as mutações não têm um significado funcional", disse Fauci, que também fará parte da equipe de saúde focada no combate à pandemia do próximo presidente dos EUA, Joe Biden.

O mundo tem 81,1 milhões de casos e 1,7 milhão de mortes causadas pela pandemia. Os EUA ocupam o primeiro lugar no ranking global de casos (19,5 milhões), à frente de Índia (10,2 milhões) e Brasil (7,4 milhões). 

continua após o anúncio

O governo americano contabiliza a maior quantidade de óbitos provocados pelo coronavírus (340 mil). Em seguida vem o território brasileiro (191 mil).

Mais de 40 países já começaram a aplicar vacinas contra a pandemia e o Brasil não está presente na lista

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247