Obama diz que Bolsonaro e Trump se igualam ao minimizarem ciência

O ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que a política de Jair Bolsonaro é parecida com a de Donald Trump na questão da mudança climática e no modo de enfrentar a Covid-19

Reuters
Reuters (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em entrevista nesta ao programa "Conversa com Bial", da TV Globo, o ex-presidente dos EUA comparou o negacionismo à ciência de Jair Bolsonaro e Donald Trump.  "Eu não conheço o presidente do Brasil. Eu já tinha saído quando ele assumiu o cargo. Então, não quero dar uma opinião sobre alguém que não conheci", começou Obama na entrevista que cedeu ao "Conversa com Bial" nesta madrugada de terça (17). "Posso dizer que, com base no que vi, as políticas dele, assim como as de Donald Trump, parecem ter minimizado a ciência da mudança climática", afirmou.

"Olhando para a pandemia, Donald Trump, assim como o Brasil, não deram ênfase para a ciência e teve consequências para ele [Trump]", prosseguiu Obama.

O apresentador Pedro Bial perguntou a opinião de Obama sobre a provocação feita por Bolsonaro a Biden, ao dizer que "quando acabar a saliva, tem que ter pólvora" rebatendo o posicionamento do democrata norte-americano sobre as queimadas na Amazônia. "Minha esperança é que, com a nova administração de Biden, há uma oportunidade de redefinir essa relação", disse o ex-presidente dos EUA. 

Informações do UOL 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247