Obama e Hollande discutem crise da Grécia

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o presidente da França, François Hollande, discutiram a crise da dívida da Grécia ao telefone e concordaram que é importante formular um pacote de reformas para que o país volte a crescer de forma sustentável, informou a Casa Branca nesta segunda-feira, 29; porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, disse que cumprir essa meta "condiz com o interesse de todos os presentes na mesa de negociação"; Grécia decretou feriado bancário nesta segunda-feira e já sinalizou que não irá pagara parcela de 1,6 bilhão de euros devida ao Fundo Monetário Internacional (FMI), que vence na terça-feira

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o presidente da França, François Hollande, discutiram a crise da dívida da Grécia ao telefone e concordaram que é importante formular um pacote de reformas para que o país volte a crescer de forma sustentável, informou a Casa Branca nesta segunda-feira, 29; porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, disse que cumprir essa meta "condiz com o interesse de todos os presentes na mesa de negociação"; Grécia decretou feriado bancário nesta segunda-feira e já sinalizou que não irá pagara parcela de 1,6 bilhão de euros devida ao Fundo Monetário Internacional (FMI), que vence na terça-feira
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o presidente da França, François Hollande, discutiram a crise da dívida da Grécia ao telefone e concordaram que é importante formular um pacote de reformas para que o país volte a crescer de forma sustentável, informou a Casa Branca nesta segunda-feira, 29; porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, disse que cumprir essa meta "condiz com o interesse de todos os presentes na mesa de negociação"; Grécia decretou feriado bancário nesta segunda-feira e já sinalizou que não irá pagara parcela de 1,6 bilhão de euros devida ao Fundo Monetário Internacional (FMI), que vence na terça-feira (Foto: Aquiles Lins)

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o presidente da França, François Hollande, discutiram a crise da dívida da Grécia ao telefone e concordaram que é importante formular um pacote de reformas para que o país volte a crescer de forma sustentável, informou a Casa Branca nesta segunda-feira.

O porta-voz da Casa Branca Josh Earnest disse que cumprir essa meta "condiz com o interesse de todos os presentes na mesa de negociação".

A Grécia fechou seus bancos nesta segunda-feira após as negociações entre o governo do país e seus credores internacionais fracassarem no fim de semana e o Banco Central Europeu (BCE) congelar sua vital linha de financiamento a bancos gregos.

Leia também: Grécia diz que dará calote e bolsas têm queda brutal

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247