Obama e Putin falam ao telefone durante uma hora

Conversa desta sexta-feira ocorreu horas depois de os EUA terem começado a impor sanções a dirigentes russos; em nota, a Casa Branca informou que "o presidente Obama disse que as ações da Rússia eram uma violação à soberania e integridade territorial da Ucrânia"

Conversa desta sexta-feira ocorreu horas depois de os EUA terem começado a impor sanções a dirigentes russos; em nota, a Casa Branca informou que "o presidente Obama disse que as ações da Rússia eram uma violação à soberania e integridade territorial da Ucrânia"
Conversa desta sexta-feira ocorreu horas depois de os EUA terem começado a impor sanções a dirigentes russos; em nota, a Casa Branca informou que "o presidente Obama disse que as ações da Rússia eram uma violação à soberania e integridade territorial da Ucrânia" (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

*Da Agência Brasil

Os presidentes dos Estados Unidos, Barack Obama, e da Rússia, Vladimir Putin, mantiveram nesta sexta-feira 7 conversa telefônica durante cerca de uma hora sobre a situação na Ucrânia. A conversa ocorreu horas depois de os EUA terem começado a impor sanções a dirigentes russos.

Em nota, a Casa Branca informou que "o presidente Obama disse que as ações da Rússia eram uma violação à soberania e integridade territorial da Ucrânia", que provocaram várias "ações de resposta" dos Estados Unidos, "em coordenação com os parceiros europeus".

Também em nota, o Kremlin informou que Putin disse a Obama que as relações entre os dois países não deveriam ser prejudicadas pelos desacordos sobre a Ucrânia. O presidente da Rússia destacou a importância das relações entre os dois países para garantir a estabilidade e segurança no mundo. Essas relações não devem ser prejudicadas por desacordos sobre problemas internacionais – mesmo que extremamente importantes –, acrescentaram os serviços da Presidência russa.

*Com informações da Agência Lusa

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email