CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Obama promete enviar até 300 conselheiros militares ao Iraque

Presidente Barack Obama afirmou nesta quinta (19) que os Estados Unidos estão prontos para enviar até 300 conselheiros militares ao Iraque para ajudar no combate aos insurgentes inspirados na rede al Qaeda e para realizar ataques específicos no país se for necessário; falando em uma conferência de imprensa após reunir-se com a equipe de segurança nacional, ele frisou: "Militares americanos não irão lutar de novo no Iraque"

En la imagen, voluntarios de las fuerzas de seguridad iraquíes participan en un entrenamiento en Kerbala, el 19 d ejunio de 2014. El presidente de Estados Unidos, Barack Obama, dijo el jueves que su país estaba preparado para enviar hasta 300 asesores m (Foto: Valter Lima)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

WASHINGTON (Reuters) - O presidente Barack Obama afirmou nesta quinta-feira que os Estados Unidos estão prontos para enviar até 300 conselheiros militares ao Iraque para ajudar no combate aos insurgentes inspirados na rede al Qaeda e para realizar ataques específicos no país se for necessário.

Falando em uma conferência de imprensa após reunir-se com a equipe de segurança nacional, ele frisou: "Militares americanos não irão lutar de novo no Iraque."

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Nós não conseguimos resolver este problema enviando dezenas de milhares de homens e comprometendo o sangue e as riquezas que já foram gastos no Iraque", disse ele. "Em última análise, é algo que terá que ser resolvido pelos iraquianos."

Obama disse que os conselheiros militares irão dar suporte às forças de segurança iraquianas e à criação de centros de operação conjuntos em Bagdá e no norte do Iraque para compartilhar inteligência e coordenar o planejamento do confronto aos insurgentes.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Obama acrescentou que o secretário de Estado, John Kerry, irá realizar reuniões no Oriente Médio e na Europa esta semana para liderar esforços diplomáticos para promover a estabilidade da região.

Os Estados Unidos invadiram o Iraque em 2003 para derrubar o presidente Saddam Hussein. Os norte-americanos retiraram suas tropas em 2011, passando a responsabilidade pela segurança para o governo local.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O presidente dos EUA também fez um apelo às autoridades iraquianas para deixarem de lado suas diferenças e unirem-se para encontrar uma solução política à crise que afeta o país.

(Por Jeff Mason, Mark Felsenthal e Roberta Rampton

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO