Osama morto. Criador mata criatura?

Fica a impressão de que Barack Obama aguardou o momento de campanha eleitoral para matar o terrorista e garantir sua reeleição

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A notícia da madrugada de 02/05/2011. Bin Laden está morto. Ou “Bin Laden is dead”, conforme anunciou pessoalmente o Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Como inimigo público número 1 dos EUA, a notícia foi comemorada nas ruas de Nova Iorque e em vários locais do ocidente. Sendo um grande terrorista, não fará a menor falta neste mundo.

Mas por que a imprensa noticiou a morte do terrorista como um final feliz e não contou sua história completa? Afinal, quem criou Osama Bin Laden?

Bin Laden nasceu na Arábia Saudita em 1957 e era filho do dono de uma grande empreiteira. Seu pai era um amigo íntimo do George Bush (pai do presidente George W. Bush). Consta que tinha inclusive o privilégio de visitá-lo na casa de campo da presidência para férias de verão em Camp David.

Em 1973, Bin Laden entrou em contato com grupos islamitas. Após a invasão soviética do Afeganistão em 1979, viajou para este país para combater os invasores com o apoio da CIA, a agência de inteligência americana. Sua organização, Al Qaeda ('A Base'), foi fundada em 1988, ou seja, um ano antes da retirada soviética do Afeganistão.

Como já dizia Roberto Marinho na célebre frase “nos meus comunistas ninguém toca”, os EUA diriam, “nos meus terroristas ninguém toca”. Não se questionava se Bin Laden era terrorista, afinal era um aliado. Assim como Saddam Hussein sempre cometeu suas atrocidades no Iraque, mas isso nunca foi questionado, pois era um importante aliado americano na luta contra o Irã.

Quando Saddam Hussein invadiu o Kuwait e armou-se a guerra do Golfo, deixou de ser aliado e virou inimigo americano. Durante esta guerra, a Arábia Saudita autorizou o uso de seu território como base para as tropas americanas. Osama Bin Laden criticou a família real da Arábia Saudita pelo apoio. Começou a virar persona non grata nos Estados Unidos. Enfurecido pelo poder de intervenção norte-americano, Bin Laden mudou-se para o Afeganistão e divulgou uma declaração de guerra contra os Estados Unidos da América.

Daí pra frente, a história que saiu em todos os jornais, Osama Bin Laden planejou e articulou os atentados de 11 de Setembro e passou a ser caçado pelos EUA. Não se pode deixar de citar a teoria de muitas pesquisas até bem embasadas, na qual os EUA supostamente teriam forjado os atentados de 11 de Setembro para justificar uma política movida a guerras. Mas isso nunca será provado e será eterna Teoria da Conspiração.

Barack Obama recebeu informações em Agosto/2010 que Osama Bin Laden não estaria morando em uma caverna, e sim numa mansão numa grande cidade paquistanesa. Logicamente que uma operação dessas não se faz da noite para o dia, tem que haver planejamento. Mas nove meses é muito tempo. Fica a impressão de que Barack Obama aguardou o momento de campanha eleitoral para matar o terrorista e garantir sua reeleição. Vindo dos EUA, alguém duvida?

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email