Padre Anchieta será canonizado na quinta

Papa Francisco iria declarar santo o jesuíta espanhol nesta quarta-feira, mas adiou para amanhã; José Anchieta chegou ao Brasil aos 19 anos e atuou na catequização dos índios no século 16 e foi um dos fundadores da cidade de São Paulo

Papa Francisco iria declarar santo o jesuíta espanhol nesta quarta-feira, mas adiou para amanhã; José Anchieta chegou ao Brasil aos 19 anos e atuou na catequização dos índios no século 16 e foi um dos fundadores da cidade de São Paulo
Papa Francisco iria declarar santo o jesuíta espanhol nesta quarta-feira, mas adiou para amanhã; José Anchieta chegou ao Brasil aos 19 anos e atuou na catequização dos índios no século 16 e foi um dos fundadores da cidade de São Paulo (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News

*Da Agência Brasil Edição: Graça Adjuto

O beato José de Anchieta, um dos jesuítas fundadores da cidade de São Paulo, vai ser canonizado pelo papa Francisco, que publicará nesta quinta-feira 3 o decreto que o proclama santo. A informação foi divulgada pela agência Zenit, acrescentando que o espanhol José de Anchieta será canonizado juntamente com dois beatos nascidos na França, ligados à evangelização do Canadá - Maria da Encarnação Guyart e o bispo Francisco de Montmorency-Laval. O papa João Paulo II beatificou o "apóstolo do Brasil" em 22 de junho de 1980.

Segundo a agência católica, o papa explicou que os três "novos santos se apresentavam como modelos de evangelização". O site Evangelho Quotidiano diz que o padre José de Anchieta é canonizado sem os dois milagres geralmente necessários, um para a beatificação e outro para a canonização. O procedimento é chamado canonização equipolente, pois equivale ao processo normal para declarar que "determinada pessoa morta se encontra junto de Deus, no céu, intercedendo pelos que ainda vivem na terra".

Segundo a Zenit, para a canonização equipolente são necessários três requisitos: prova do culto antigo ao candidato a santo, atestado histórico incontestável da fé católica e das virtudes do candidato e a fama ininterrupta de milagres intermediados pelo candidato.

PUBLICIDADE

De acordo com a agência, "são inúmeros os milagres e graças atribuídos à intercessão" de José Anchieta, que é venerado como "bem-aventurado", aquele que está junto de Deus, quer por brasileiros, quer por católicos das ilhas espanholas Canárias.

No dia 24 de abril, às 18h, em Roma, na Igreja de Jesus, o papa Francisco presidirá missa de ação de graças pela canonização do "apóstolo do Brasil", na qual estará presente o bispo de Tenerife (terra natal de Anchieta), Bernardo Álvarez.

PUBLICIDADE

O processo de Anchieta começou no ano de sua morte, em 1597, e prolongou-se por 417 anos.

*Com informações da Agência Lusa

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email