Papa diz que deve tomar vacina na próxima semana e condena 'negacionismo suicida'

"Acredito que do ponto de vista ético todos devem ser vacinados, porque você não só põe em risco a sua saúde, a sua vida, mas também a dos outros", defendeu o Papa Francisco, ao rechaçar movimentos negacionistas contrários a vacina

(Foto: Vaticano)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Papa Francisco, 84, afirmou que deve tomar a vacina contra a Covid-19 na próxima semana e fez críticas aos movimentos negacionistas que pregam fake news na propagação da rejeição à vacina. As declarações foram dadas em entrevista à rede Canale 5, neste sábado (9). A informação é do jornal Folha de S.Paulo. 

"Na próxima semana começaremos [a vacinação], já tenho minha data", disse. "Temos que fazê-lo", insistiu o pontífice, para quem "há um negacionismo suicida que não consigo explicar".

"Acredito que do ponto de vista ético todos devem ser vacinados, porque você não só põe em risco a sua saúde, a sua vida, mas também a dos outros", seguiu.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email