Papa pede o fim do fanatismo religioso: "Deus não te ama porque te comportas bem; ele simplesmente te ama"

“Deus não quer que o seu nome seja usado para aterrorizar as pessoas", disse o Papa Francisco em postagens no Twitter

Papa Francisco
Papa Francisco (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - Em postagens na sua conta oficial do Twitter, neste sábado (22), o Papa Francisco pregou o fim do “fanatismo cego” e pediu para que a religião deixe de ser instrumentalizada para incitar o ódio.

“Peço a todos que parem de instrumentalizar as religiões para incitar ao ódio, à violência, ao extremismo e ao fanatismo cego”, postou o pontífice.

“Deus não precisa ser defendido por ninguém e não quer que o seu nome seja usado para aterrorizar as pessoas. Deus não te ama porque te comportas bem; ele simplesmente te ama e basta. Seu amor é incondicional, não depende de ti”, disse ainda o líder católico.

Leia mais na Fórum.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email