Paraguai é reintegrado a grupo de alto nível da Unasul

Informação foi dada por Alberto Ramírez Zambonini, do Tribunal Superior de Justiça Eleitoral paraguaio, que conversou com o presidente da República, Horacio Cartes; os grupos de alto nível do bloco avaliam temas específicos como questões eleitorais, ciência, tecnologia e inovação, entre outros

Informação foi dada por Alberto Ramírez Zambonini, do Tribunal Superior de Justiça Eleitoral paraguaio, que conversou com o presidente da República, Horacio Cartes; os grupos de alto nível do bloco avaliam temas específicos como questões eleitorais, ciência, tecnologia e inovação, entre outros
Informação foi dada por Alberto Ramírez Zambonini, do Tribunal Superior de Justiça Eleitoral paraguaio, que conversou com o presidente da República, Horacio Cartes; os grupos de alto nível do bloco avaliam temas específicos como questões eleitorais, ciência, tecnologia e inovação, entre outros (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Renata Giraldi*
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O Paraguai vai ser reincorporado de forma plena ao Grupo de Alto Nível da União de Nações Sul-Americanas (Unasul), que reúne 12 países da região, disse Alberto Ramírez Zambonini, do Tribunal Superior de Justiça Eleitoral paraguaio que conversou com o presidente da República, Horacio Cartes.

Zambonini conversou com Cartes sobre o convite que a Justiça Eleitoral do Paraguai recebeu para participar da reunião do grupo da Unasul sobre eleições. Os grupos de alto nível do bloco avaliam temas específicos como questões eleitorais, ciência, tecnologia e inovação, entre outros.

Por 14 meses o Paraguai ficou suspenso do Mercosul e da Unasul, pois os líderes regionais dos dois blocos discordaram da forma como o então presidente Fernando Lugo foi destituído do poder, em 2012, por impeachment. Ao reconhecer a vitória de Cartes, em abril deste ano, Unasul e Paraguai começam a se reaproximar.

Na semana passada, o governo do Peru, que está na presidência pro tempore da Unasul, anunciou o fim da suspensão do Paraguai do bloco. Para analistas internacionais, o reingresso do país à Unasul é fato. O país, no entanto, segue buscando a reincorporação ao Mercosul, apesar de discordar da presença da Venezuela, que entrou para o bloco em dezembro, no período em que o Paraguai estava suspenso.

O Paraguai enviará representante para a reunião de ministros da área eleitoral, na Cúpula da Unasul, no Surimane. No próximo dia 30, a presidenta Dilma Rousseff e chefes de Estado dos demais 11 países da Unasul se reúnem no Suriname. O bloco é formado pelos seguintes países Bolívia, Colômbia, Equador, Peru, Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai, Venezuela, Chile, Guiana e Suriname. São países observadores Panamá e México.

*Com informações da agência pública de notícias do Paraguai, Ipparaguay

Edição: Denise Griesinger

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email