Parlamento alemão aprova terceiro resgate à Grécia

Debate desta manhã foi aberto pelo ministro das Finanças, Wolfgang Schäuble, que pediu apoio ao programa, afirmando que só assim a economia grega poderá voltar a crescer; ele disse que os ajustes “são irrenunciáveis, sobretudo dentro da União Monetária”; na votação alemã repetiu-se o que ocorreu em 17 de julho, quando o Bundestag aprovou a abertura de negociações com Atenas

Dr. Wolfgang Schäuble, Bundesminister der Finanzen
Dr. Wolfgang Schäuble, Bundesminister der Finanzen (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência Lusa

O Parlamento alemão (Bundestag) aprovou hoje (19) o terceiro resgate à Grécia, com 454 votos a favor, 113 contra e 18 abstenções. O resgate, da zona do euro, deverá chegar a 86 bilhões.

O debate desta manhã foi aberto pelo ministro das Finanças, Wolfgang Schäuble, que pediu apoio ao programa, afirmando que só assim a economia grega poderá voltar a crescer. Ele disse que os ajustes “são irrenunciáveis, sobretudo dentro da União Monetária”.

Na votação alemã repetiu-se o que ocorreu em 17 de julho, quando o Bundestag aprovou a abertura de negociações com Atenas. Na ocasião, cerca de 60 deputados da União Democrática Cristã (CDU), de Angela Merkel, rejeitaram a proposta.

Apesar disso, nas duas ocasiões as propostas foram aprovadas, uma vez que a CDU e o parceiro de coligação, o Partido Social-Democrata, de Sigmar Gabriel, detêm 80% das cadeiras no Parlamento.

Do lado da oposição, os Verdes apoiaram o resgate, enquanto A Esquerda se dividiu entre votos contra e abstenções.

O resgate ainda tem de ser aprovado em uma votação marcada para hoje pelo Parlamento da Holanda. O programa tem de ser submetido também a votação parlamentar na Alemanha, Áustria, Finlândia e Estônia.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email