Partido de Macron tem 29% das intenções de voto nas legislativas francesas

Pesquisa mostra vantagem do partido do presidente Macron nas eleições legislativas, marcadas para junho; o partido Em Marcha conta com a preferência de 29% do eleitorado francês contra 17% da Frente Nacional, da extrema-direita 

Emmanuel Macron, candidato da eleição presidencial francesa, em evento de campanha em Albi, na França. 04/05/2017 REUTERS/Benoit Tessier
Emmanuel Macron, candidato da eleição presidencial francesa, em evento de campanha em Albi, na França. 04/05/2017 REUTERS/Benoit Tessier (Foto: Charles Nisz)

247 - De acordo com a pesquisa da Odoxa para a rádio France Inter e para a revista L’Express, o movimento A República Em Marcha, partido do presidente Emmanuel Macron, tem 29% das intenções de voto nas legislativas marcadas para 11 e 18 de Junho (segundo turno). Em segundo lugar surge a Frente Nacional (extrema-direita), de Marine Le Pen, com 17% das intenções de voto. O partido Republicanos (direita) fica em terceiro lugar com 15%, seguidos de perto pela França Insubmissa de Jean-Luc Mélenchon, com 14%. Já o Partido Socialista está reduzido a 5%. 

O ex-primeiro-ministro socialista Manuel Valls, com 54% de rejeição, explica a baixa votação do Partido Socialista, do ex-presidente François Hollande. Outros políticos com alta rejeição são Marine Le Pen ou Nicolas Dupont-Aignan. O político mais popular é o novo ministro da Ecologia, o ativista ambiental Nicolas Hulot.

Macron quer, até ao final de setembro, cumprir uma das promessas de campanha: aprovar uma reforma trabalhista e, para isso, precisa de maioria na Câmara. A ideia divide os franceses: 44% dos franceses dizem-se favoráveis a "uma reforma profunda" do mercado de trabalho , enquanto metade preferiam que fosse alvo apenas de algumas mudanças, diz o Le Figaro

Segundo a pesquisa da Odoxa, Macron deverá contar nas legislativas com o apoio dos 12% de eleitores que na primeira volta das presidenciais votaram em Mélenchon, 18% dos que votaram em François Fillon e 28% dos que votaram em Benoît Hamon. Segundo o estudo Odoxa, Macron é um Presidente relativamente popular: 58% dos interpelados tem boa opinião dele. O centrista Macron venceu a segunda volta das presidenciais francesas, a 7 de Maio, conseguindo um total de 66,1% dos votos. Já Marine Le Pen perdeu com 33,9%.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247