Partido Social-Democrata ultrapassa conservadores de Merkel em pesquisa

Partido Social-Democrata da Alemanha (SPD) ultrapassou os conservadores da chanceler Angela Merkel em pesquisa realizada pela Infratest pela primeira vez desde outubro de 2006, a poucos meses da eleição federal de setembro; pesquisa colocou o SPD, que ganhou força após nomear o ex-presidente do Parlamento Europeu Martin Schulz como candidato, com 32%, enquanto o bloco conservador de Merkel teria 31%

Partido Social-Democrata da Alemanha (SPD) ultrapassou os conservadores da chanceler Angela Merkel em pesquisa realizada pela Infratest pela primeira vez desde outubro de 2006, a poucos meses da eleição federal de setembro; pesquisa colocou o SPD, que ganhou força após nomear o ex-presidente do Parlamento Europeu Martin Schulz como candidato, com 32%, enquanto o bloco conservador de Merkel teria 31%
Partido Social-Democrata da Alemanha (SPD) ultrapassou os conservadores da chanceler Angela Merkel em pesquisa realizada pela Infratest pela primeira vez desde outubro de 2006, a poucos meses da eleição federal de setembro; pesquisa colocou o SPD, que ganhou força após nomear o ex-presidente do Parlamento Europeu Martin Schulz como candidato, com 32%, enquanto o bloco conservador de Merkel teria 31% (Foto: Aquiles Lins)

BERLIM (Reuters) - O Partido Social-Democrata da Alemanha (SPD) ultrapassou os conservadores da chanceler Angela Merkel em pesquisa realizada pela Infratest pela primeira vez desde outubro de 2006, a poucos meses da eleição federal de setembro.

A pesquisa colocou o SPD, que ganhou força após nomear o ex-presidente do Parlamento Europeu Martin Schulz como candidato, com 32 por cento, enquanto o bloco conservador de Merkel teria 31 por cento.

O partido anti-imigração Alternativa para a Alemanha (AfD) teria 11 por cento, os Verdes conseguiriam 8 por cento e o Linke, de extrema-esquerda, teria 7 por cento.

A pesquisa com 1.047 pessoas foi realizada de 20 a 22 de fevereiro.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247