Pastora que chamou Covid-19 de farsa morre na Flórida

Seu marido, Brian Lee Hitchens, motorista de táxi, também contraiu a doença, mas se recuperou

(Foto: Facebook)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Uma pastora norte-americana que acreditava que a pandemia do coronavírus era “uma farsa”, conforme divulgava nas redes sociais, morreu, na Flórida, após contrair a doença. Seu marido, Brian Lee Hitchens, motorista de táxi, também contraiu a doença, mas se recuperou.

O casal não seguiu as orientações de saúde nem procurou ajuda médica logo após ser infectado, segundo a BBC. Após a morte da mulher, o taxista mudou de opinião: "este é um vírus real que afeta as pessoas de maneiras diferentes. Não posso mudar o passado, só posso viver hoje e fazer melhores escolhas para o futuro ".

"Achávamos que o governo estava usando a Covid-19 para desviar nossa atenção ou que tivesse a ver com o 5G", afirmou Brian Lee Hitches. "Daí, não seguimos as regras nem procuramos ajuda antes."

O estado da Flórida é o segundo com mais casos de Covid-19 confirmados nos Estados Unidos e está atrás apenas da Califórnia. O estado ultrapassou neste domingo, 23, as marcas de 600 mil contágios e 10 mil mortes relacionadas à doença.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247