Paulo Coelho, Felipe Neto e entidades denunciam Bolsonaro na ONU

O youtuber Felipe Neto e o escritor Paulo Coelho serão convidados da OAB e da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos Dom Paulo Evaristo Arns para denunciar Jair Bolsonaro por ataques contra a liberdade de expressão no Brasil na ONU

Paulo Coelho e Felipe Neto
Paulo Coelho e Felipe Neto (Foto: Reprodução | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e a Comissão de Defesa dos Direitos Humanos Dom Paulo Evaristo Arns denunciam  Jair Bolsonaro por ataques contra a liberdade de expressão no Brasil. Nesta sexta-feira, na ONU, as entidades tomaram a palavra durante o Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas. A informação é do jornalista Jamil Chade, em sua coluna no portal UOL. 

Para a semana que vem, as mesmas instituições organizam ainda um evento paralelo durante a sessão do Conselho para expôr o comportamento do governo brasileiro. No evento no dia 8 de julho estarão presentes ainda o youtuber Felipe Neto, o escritor Paulo Coelho e outras personalidades.

O jornalista ainda informa que as denúncias contra o governo, nesta sexta-feira, foram feitas por Claudia Costin - membro da Comissão Arns e ex-ministra de Administração do governo FHC e atual diretora do Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais da FGV - durante o Diálogo Interativo com a Relatora da ONU sobre Liberdade de Expressão Irene Kahn.

PUBLICIDADE

"O direito à liberdade de expressão do Brasil, obtido a muitas custas, está sob ataque", disse Costin, que falava em nome das instituições. "Profissionais da impressa são intimidados, opositores políticos são ameaçados e criminalizados sob a Lei de Segurança Nacional", alertou.

Citando dados da Federação Nacional de Jornalistas, ela aponto que houve, em 2020, 428 ataques verbais e ameaças de todo tipo direcionados a jornalistas, 41% destes partindo do próprio presidente.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email