Pequim lançou 2 mísseis balísticos no Mar da China Meridional, após incursão de drones dos EUA

Os mísseis balísticos DF-26B e DF-21D foram disparados da província de Qinghai e da província de Zhejiang, respectivamente, disse uma fonte próxima aos militares chineses ao South China Morning Post

Mísseis chineses
Mísseis chineses (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Pequim lançou dois mísseis balísticos, apelidados de "assassinos de porta-aviões", no Mar do Sul da China na quarta-feira, disse o South China Morning Post, citando uma fonte próxima aos militares do país. São os mísseis DF-26B e DF-21D, que foram disparados da província de Qinghai (noroeste da China) e da província de Zhejiang (leste), respectivamente, em direção a uma área entre a província de Hainan e as ilhas Paracelso.

Segundo a fonte, o lançamento do míssil representa uma "resposta da China aos riscos potenciais, gerados pela entrada cada vez mais frequente de aviões de guerra e navios militares norte-americanos no Mar do Sul da China". "A China não quer que os países vizinhos interpretem mal os objetivos de Pequim", enfatizou, segundo informações da RT.
 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247