Pequim realiza exercícios no mar do Sul da China em meio a provocações dos EUA

Pequim realiza exercícios no mar do Sul da China em meio a provocações dos EUA

Porta-voz do Ministério da Defesa da China
Porta-voz do Ministério da Defesa da China (Foto: Xinhua)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - Pequim realiza exercícios no mar do Sul da China e se prepara para combater ações provocativas dos EUA através de medidas adequadas.

Durante os exercícios navais, as forças chinesas contaram com caças, porta-aviões, navios de guerra e aeronaves antissubmarino no mar do Sul da China, mostrando que o Exército de Libertação Popular da China está pronto para combater as provocações norte-americanas, segundo o Global Times.

Além dos exercícios, os aviões antissubmarino realizaram missões de patrulha na região, depois das ações "provocativas" da Marinha dos EUA na região.

O especialista militar Wei Dongxu afirmou ao Global Times que os EUA estão enviando aeronaves de reconhecimento à primeira cadeia de ilhas, para obter informações sobre a China.

Com isso, o gigante asiático resolveu aperfeiçoar suas capacidades e se preparar para enfrentar as ações provocativas dos EUA através de medidas adequadas para afastá-los ou lançar contramedidas eletrônicas para interrompê-los, cita o especialista.

Anteriormente, o porta-aviões USS Nimitz dos EUA foi atingido pela COVID-19, entretanto o porta-aviões norte-americano deixou seu porto e pode ser implantado no Pacífico, o que significa que os norte-americanos poderão contar com o porta-aviões para operação próxima à China, intensificando suas provocações e ameaçando a soberania chinesa.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247