CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Pimentel encontra Raúl Castro e visita obras do maior porto de Cuba

Ministro do Desenvolvimento da Indústria e Comércio Exterior foi até as obras de Mariel, porto cujo acordo entre Brasil e Cuba prevê investimentos de US$ 900 milhões, sendo 80% dos brasileiros

Pimentel encontra Raúl Castro e visita obras do maior porto de Cuba (Foto: Divulgação)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Renata Giraldi, da Agência Brasil

- O ministro do Desenvolvimento da Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, conversou nesta quinta-feira 30 com o presidente de Cuba, Raúl Castro. Pimentel estava em visita oficial a Havana, capital cubana. Há um acordo entre Brasil e Cuba para ampliação do Porto de Mariel, com investimentos de aproximadamente US$ 900 milhões – 80% do financiamento vêm dos brasileiros, cerca de US$ 683 milhões.

Pimentel e Castro visitaram as obras de Mariel, a 45 quilômetros de Havana, para verificar o andamento dos trabalhos. O Porto de Mariel é lembrando pelos cubanos como o local de onde partiram vários grupos de imigrantes do país rumo aos Estados Unidos, nos anos de 1980. Com essas obras, os especialistas cubanos estimam que será possível receber um número maior de embarcações de grandes dimensões.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

No período de 2006 a 2010, as relações comerciais entre Brasil e Cuba registraram crescimento de 30%, segundo o Itamaraty. Os números passaram de US$ 376 milhões, em 2006, para US$ 488 milhões, em 2010. A mesma tendência se repetiu no ano passado, registrando um total de US$ 570 milhões – no período de janeiro a novembro de 2011.

Em janeiro, a presidenta Dilma Rousseff esteve em Cuba. Na visita, ela reiterou a disposição do Brasil em ampliar as parcerias e acordos com os cubanos. Ela visitou o país no auge da abertura econômica. Castro tem apelado para que se aprofundem os debates sobre as mudanças na economia interna e defende o que chama de "mudança de mentalidade".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

As mudanças foram a alternativa encontrada pelo governo para tentar driblar as dificuldades causadas pelo embargo econômico imposto pelos Estados Unidos desde 1962. Em 2010, Castro instaurou um processo de abertura da economia do país. As decisões envolvem o estímulo à demissão voluntária dos funcionários públicos, a liberação de compra de automóveis e imóveis, a permissão para atividades autônomas e o incentivo à agricultura familiar.

 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO