CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Polícia prende suspeito de planejar "uma nova Columbine"

Jovem de 17 anos preso nos EUA por arquitetar exploso de uma escola de ensino mdio na Flrida, nos EUA, onde ele concluiu os seus estudos

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

A polícia de Tampa, na Flórida, prendeu um jovem de 17 anos acusado de planejar um grande ataque com bombas em sua ex-escola de Ensino Médio, anunciaram autoridades nesta quarta-feira. Segundo elas, a intenção do suspeito era realizar um atentado que matasse mais pessoas que o massacre de Columbine, ocorrido em 1999. O jovem "mencionou seu desejo de causar mais mortes que as sofridas em Columbine", afirmou a chefe de polícia de Tampa, Jane Castor, ao anunciar a prisão na terça-feira de Jared Kano. Castor disse que foi encontrado material no quarto do jovem que poderia ser usado para a confecção de explosivos. Entre os materiais havia fontes de combustível, tubos plásticos, um timer e outros dispositivos. Não havia armas de fogo na casa, mas o jovem já havia sido detido anteriormente por manter uma arma escondida.

A chefe de polícia afirmou que a intenção do suspeito era atacar no primeiro dia de classes da próxima semana na Tampa Freedom High School, onde Kano havia estudado. Segundo ela, a prisão ocorreu após uma pessoa que não teve a identidade revelada entregar informações a autoridades sobre o plano. "Isso é o que precisamos nesta comunidade, ter cidadãos envolvidos na manutenção da segurança", afirmou a chefe de polícia. Segundo ela, este foi um ótimo exemplo de auxílio, por impedir "um evento muito sério".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O major de polícia John Newman disse que Kano havia passado por detenções na juventude, por crimes como roubo e posse de armas. Segundo Newman, Kano era monitorado por autoridades por causa desses problemas anteriores. A prisão é a mais recente a evocar o massacre ocorrido na Columbine High School, no Colorado, quando 13 pessoas morreram e 23 ficaram feridas. As informações são da Dow Jones.

 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO