Policial atira adolescente de ponte durante atos contra o governo chileno (vídeo)

Um jovem de 16 anos caiu de cabeça e sofreu um golpe de alto impacto, após ser atirado de uma ponte por um policial, que o jogou no leito de um rio em Santiago, no Chile

Ato foi apelidado de "a maior marcha do Chile"
Ato foi apelidado de "a maior marcha do Chile" (Foto: Pablo Sanhueza - Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Um membro da Polícia Nacional do Chile empurrou um manifestante de 16 anos da ponte Pío Nono, sobre o leito do rio Mapocho, que está praticamente seco. O caso ocorreu em Santiago, na última sexta-feira (2), durante protestos contra o governo.

De acordo com testemunhas, o jovem de 16 anos caiu de cabeça e sofreu um golpe de alto impacto. Ele estava sem consciência no momento em que foi retirado do rio e foi reanimado por equipes de resgate.

Por quatro semanas consecutivas, desde 11 de setembro passado, organizações políticas de esquerda e movimentos sociais convocaram manifestações na Plaza Italia, rebatizada de Plaza Dignidad, em Santiago do Chile.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247