Presidente do Azerbaijão convoca eleições antecipadas

Ilham Aliyev deve aproveitar a onda de apoio pela reconquista do território separatista de Nagorno-Karabakh

(Foto: CMG)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O Azerbaijão realizará uma eleição presidencial antecipada em 7 de fevereiro de 2024, segundo decreto do presidente Ilham Aliyev, publicado na quinta-feira (8), informou a agência Sputnik. O país do Cáucaso Sul estava programado para realizar eleições em 2025.

"No dia 7 de dezembro, o Presidente do Azerbaijão, Ilham Aliyev, assinou um decreto anunciando eleições antecipadas para o chefe de estado. De acordo com o decreto, a Comissão Eleitoral Central foi instruída a garantir a realização da eleição antecipada ... em 7 de fevereiro de 2024, da maneira estabelecida pelo código eleitoral do país", diz o decreto.

continua após o anúncio

Aliyev, de 61 anos, foi reeleito em 2018 para um mandato de sete anos, com 86% dos votos. Ele lidera o Azerbaijão desde 2003, quando sucedeu seu pai Haydar. Como resultado de um referendo constitucional em 2009, não há limite para o número de mandatos que ele pode cumprir.

O presidente deve aproveitar a onda de apoio pela reconquista do território separatista de Nagorno-Karabakh. Em setembro, o Azerbaijão assumiu o controle do enclave separatista de maioria armênia, em uma ofensiva relâmpago, levando quase todos os moradores locais a fugirem para a Armênia. As autoridades de Nagorno-Karabakh declararam que o estado não reconhecido deixaria de existir a partir de 1º de janeiro de 2024. Tanto o primeiro-ministro armênio, Nikol Pashinyan, quanto o presidente Aliyev, disseram que um tratado de paz poderia ser assinado até o final do ano. (Com informações de agências). 

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247