Presidente do Irã considera sanções dos EUA 'ato terrorista'

O presidente do Irã, Hassan Rouhani, qualificou nesta quarta-feira (20) de "ato terrorista" as sanções impostas pelos Estados Unidos sobre seu país; "Os EUA estão utilizando seu máximo potencial contra o Irã. Nós utilizaremos a máxima vontade, esperança e confiança diante deles", disse Rouhani após uma reunião de seu Ministério

Presidente do Irã considera sanções dos EUA 'ato terrorista'
Presidente do Irã considera sanções dos EUA 'ato terrorista'

247, com EFE - O presidente do Irã, Hassan Rouhani, qualificou nesta quarta-feira (20) de "ato terrorista" as sanções impostas pelos Estados Unidos sobre seu país.

"Os EUA estão utilizando seu máximo potencial contra o Irã. Nós utilizaremos a máxima vontade, esperança e confiança diante deles", disse Rouhani após uma reunião de seu Ministério.

O presidente iraniano acrescentou que "a medida dos EUA para pressionar bancos e companhias a não cooperarem com o Irã é uma medida 100% terrorista".

"Quando, agindo contra os regulamentos internacionais, (os EUA) ameaçam algum banco ou companhia com multas por cooperarem com um país, estão na realidade causando terror nos setores bancários e comerciais e fazendo um ato terrorista econômico", ressaltou Rohani.

Em maio de 2018, o presidente americano, Donald Trump, retirou os EUA do acordo nuclear assinado em 2015 entre o Irã e o G5+1 - que, além dos norte-americanos, incluía França, Reino Unido, Rússia, China e Alemanha - e voltou a impor sanções sobre a República Islâmica.

As sanções norte-americanas obrigaram as companhias estrangeiras a encerrarem seus negócios no Irã.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247