HOME > Mundo

Presidentes da Bolívia e Venezuela prestam solidariedade a Lula

Para Evo Morales, presidente da Bolívia, a condução coercitiva do ex-presidente Lula na 24ª fase da operação Lava Jato foi uma "lição do imperialismo"; "Quero expressar minha solidariedade ao companheiro Lula. Esta manhã detiveram o ex-presidente do Brasil. Nossa saudação revolucionária, a luta segue", disse; já Nicolás Maduro utilizou sua conta no Twitter para prestar apoio a Lula; "O caminho foi longo e não puderam com você. Desse ataque miserável sairás mais forte, a Venezuela te abraça", escreveu Maduro, ao compartilhar fotos do ex-presidente brasileiro

Para Evo Morales, presidente da Bolívia, a condução coercitiva do ex-presidente Lula na 24ª fase da operação Lava Jato foi uma "lição do imperialismo"; "Quero expressar minha solidariedade ao companheiro Lula. Esta manhã detiveram o ex-presidente do Brasil. Nossa saudação revolucionária, a luta segue", disse; já Nicolás Maduro utilizou sua conta no Twitter para prestar apoio a Lula; "O caminho foi longo e não puderam com você. Desse ataque miserável sairás mais forte, a Venezuela te abraça", escreveu Maduro, ao compartilhar fotos do ex-presidente brasileiro (Foto: Aquiles Lins)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - A ação da operação Lava Jato contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta sexta-feira, 4, foi condenada pelos presidentes da Bolívia, Evo Morales, e da Venezuela, Nicolás Maduro.

Evo Morales disse, em discurso para organizações sociais em Chapare, que a condução coercitiva de Lula foi uma "lição do imperialismo". "Quero expressar minha solidariedade ao companheiro Lula. Esta manhã detiveram o ex-presidente do Brasil. Nossa saudação revolucionária, a luta segue", disse. Segundo o presidente boliviano, os Estados Unidos estariam tentando ameaçar os presidentes e ex-presidentes anti-imperialistas da América Latina.

Já Nicolás Maduro utilizou sua conta no Twitter para prestar apoio a Lula. "O caminho foi longo e não puderam com você. Desse ataque miserável sairás mais forte, a Venezuela te abraça". Maduro também postou fotos suas ao lado de Lula na rede social.

 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: