Preso ditador da Costa do Marfim

Laurent Gbagbo, que se recusava a deixar o poder, est detido e ser substitudo por Alassane Quattara

AE - Tropas leais ao líder da Costa do Marfim Alassane Ouattara capturaram hoje seu rival Laurent Gbagbo em Abidjã. A informação foi divulgada pelo embaixador francês Jean-Marc Simon. Helicópteros da Organização das Nações Unidas (ONU) e da França disparavam hoje mísseis na residência presidencial onde Gbagbo tentava se manter no poder.

Segundo o presidente francês, Nicolas Sarkozy, esse ataque foi uma represália contra ataques ao pessoal da ONU, missões diplomáticas estrangeiras e civis. O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e Sarkozy autorizaram os ataques, iniciados na noite de ontem. Eles acusam Gbagbo de seguir usando artilharia pesada contra civis.

Gbagbo perdeu há mais de quatro meses o segundo turno das eleições presidenciais no país para Ouattara. No entanto, ele se recusa a deixar o poder. Durante as últimas duas semanas, Gbagbo perdeu o controle de praticamente todo o país do oeste da África. Forças leais a Ouattara varreram tropas governamentais a partir do norte e oeste, chegando até Abidjã, capital comercial da Costa do Marfim.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247