Prioridade do Irã é o fim da crise na Síria

O Irã confirmou que que pôr fim à crise na Síria é uma de suas prioridades em política externa, de acordo com um diplomata com alto posto na Chancelaria do país

Prioridade do Irã é o fim da crise na Síria
Prioridade do Irã é o fim da crise na Síria

247, com Prensa Latina - O Irã confirmou que que pôr fim à crise na Síria é uma de suas prioridades em política externa, de acordo com um diplomata com alto posto na Chancelaria do país.

O assistente especial para Assuntos Políticos da Chancelaria iraniana, Hosein Yaberi Ansari (foto), fez a afirmação neste domingo diante do enviado especial do Reino Unido para Síria, Martin Longden.

Teerã também se opõe a medidas unilaterais de países que pretendem desempenhar papéis de promotor, juiz e executor para conseguir seus objetivos na Síria, assegurou Yaberi Ansari.

Por sua vez, o diplomata britânico expressou a preocupação de Londres pela situação na cidade sírio de Idlib e a possibilidade do uso de armas químicas, enquanto o representante iraniano recordou que o país persa foi uma das maiores vítimas desse tipo de arma letal.

O governo iraniano opõe-se totalmente ao uso dessas substâncias em qualquer conflito e onde quer que seja, respondeu Yaberi Ansari.

A Rússia e a Síria alertaram para um plano desenhado por países ocidentais que inclui um falso ataque químico em Idlib, para ser atribuído ao exército sírio e justificar assim uma agressão norte-americana e de seus aliados contra o país árabe.

O presidente sírio, Bashar al-Asad, negou o uso de armas desse tipo em operações antiterroristas e também recordou que Damasco destruiu todo o seu arsenal químico em 2013, segundo confirma a Organização para a Proibição das Armas Químicas.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247