Putin classifica relações russo-americanas como 'as piores desde a Guerra Fria'

Durante o Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo, Valdimir Putin disse que mesmo os países dialogando em formatos multilaterais como as Nações Unidas e G20, a base de cooperação recíproca está destruída; Putin destacou que a situação não satisfaz nem os empresários russos, nem os norte-americanos. Segundo ele, laços comerciais bilaterais sólidos podem servir como "rede de segurança" das mudanças na conjuntura política

Durante o Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo, Valdimir Putin disse que mesmo os países dialogando em formatos multilaterais como as Nações Unidas e G20, a base de cooperação recíproca está destruída; Putin destacou que a situação não satisfaz nem os empresários russos, nem os norte-americanos. Segundo ele, laços comerciais bilaterais sólidos podem servir como "rede de segurança" das mudanças na conjuntura política
Durante o Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo, Valdimir Putin disse que mesmo os países dialogando em formatos multilaterais como as Nações Unidas e G20, a base de cooperação recíproca está destruída; Putin destacou que a situação não satisfaz nem os empresários russos, nem os norte-americanos. Segundo ele, laços comerciais bilaterais sólidos podem servir como "rede de segurança" das mudanças na conjuntura política (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Sputnik Brasil - As relações entre a Rússia e os Estados Unidos alcançaram seu pior nível desde a Guerra Fria, comunicou o presidente russo, Vladimir Putin, no Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo.

Segundo o presidente, mesmo os países dialogando em formatos multilaterais como as Nações Unidas e G20, a base de cooperação recíproca está destruída.

Vladimir Putin destacou que a situação não satisfaz nem os empresários russos, nem os norte-americanos. Segundo ele, laços comerciais bilaterais sólidos podem servir como "rede de segurança" das mudanças na conjuntura política.

O chefe de Estado russo assegurou que Moscou continuará mantendo o diálogo com o presidente norte-americano, Donald Trump, para normalizar as relações bilaterais, entretanto, Washington precisa de mostrar o mesmo interesse expresso pela Rússia.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email