Putin diz que Ocidente sacrifica o mundo para manter sua dominação

Líder russo disse que potências ocidentais são responsáveis pela volta da fome em larga escala no mundo

www.brasil247.com -
(Foto: Sputnik / Mikhail Metsel)


MOSCOU, TASS – A culpa pelas consequências globais das sanções contra a Rússia, incluindo a possível fome em vários países, cabe aos países ocidentais que, por causa de sua dominação, estão prontos para sacrificar o resto do mundo, disse o presidente russo, Vladimir Putin, em uma reunião em questões econômicas na quinta-feira.

Ele observou que vários países já estão enfrentando ameaças de fome e, se as sanções contra a Rússia continuarem, a UE também poderá encontrar consequências difíceis de reverter. "A culpa por isso é total e completamente das elites dos países ocidentais que, para preservar sua dominação global, estão prontas para sacrificar o resto do mundo", afirmou o líder russo.

Por sua vez, a Rússia enfrenta com confiança os desafios externos, acrescentou, graças tanto à política macroeconômica responsável dos últimos anos quanto às soluções sistêmicas para fortalecer a soberania econômica e a segurança tecnológica e alimentar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Nossas empresas de produção estão gradualmente preenchendo nichos de mercado doméstico liberados após a saída de parceiros sem escrúpulos, incluindo bens básicos, equipamentos industriais e de serviços, construção e máquinas agrícolas", observou o líder russo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email