Pyongyang diz que não tem medo da guerra com EUA

Coreia do Norte é um país pacifico, mas defender o país da ameaça por parte dos EUA ela está pronta a tomar medidas extremas, comunica a Agência Central de Notícias da Coreia (KCNA em inglês) citando representantes do Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte; "O desejo firme da Coreia do Norte é ir até ao fim, em caso de os EUA tencionarem continuar sua política de confrontação. O exército da Coreia do Norte já tinha indicado que suas medidas vão incluir ataques preventivos e outras medidas", diz o comunicado citado pela KCNA

Coreia do Norte é um país pacifico, mas defender o país da ameaça por parte dos EUA ela está pronta a tomar medidas extremas, comunica a Agência Central de Notícias da Coreia (KCNA em inglês) citando representantes do Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte; "O desejo firme da Coreia do Norte é ir até ao fim, em caso de os EUA tencionarem continuar sua política de confrontação. O exército da Coreia do Norte já tinha indicado que suas medidas vão incluir ataques preventivos e outras medidas", diz o comunicado citado pela KCNA
Coreia do Norte é um país pacifico, mas defender o país da ameaça por parte dos EUA ela está pronta a tomar medidas extremas, comunica a Agência Central de Notícias da Coreia (KCNA em inglês) citando representantes do Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte; "O desejo firme da Coreia do Norte é ir até ao fim, em caso de os EUA tencionarem continuar sua política de confrontação. O exército da Coreia do Norte já tinha indicado que suas medidas vão incluir ataques preventivos e outras medidas", diz o comunicado citado pela KCNA (Foto: Aquiles Lins)

Agência Sputnik Brasil - A Coreia do Norte é um país pacifico, mas defender o país da ameaça por parte dos EUA ela está pronta a tomar medidas extremas, comunica a Agência Central de Notícias da Coreia (KCNA em inglês) citando representantes do Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte.

"O desejo firme da Coreia do Norte é ir até ao fim, em caso de os EUA tencionarem continuar sua política de confrontação. O exército da Coreia do Norte já tinha indicado que suas medidas vão incluir ataques preventivos e outras medidas", diz o comunicado citado pela KCNA.

O comunicado sublinha que Pyongyang vai responder com a "guerra generalizada à guerra total" e com "ataques nucleares à guerra nuclear", mas vai ganhá-la com certeza.

"A Coreia do Norte é um país socialista pacífico, mas ela não tem medo da guerra e não tenta evitá-la", acrescentaram os diplomatas da Coreia do Norte.

Na semana passada, surgiu a informação sobre o lançamento malsucedido de um míssil norte-coreano. O tipo do míssil ainda não está determinado, mas os especialistas não excluem que ele podia ser o míssil balístico de médio alcance KN-15.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247