Rafael Correa denuncia “grave abuso” contra seus direitos

O ex-presidente do Equador Rafael Correa usou as redes sociais para condenar a ordem de prisão preventiva contra ele, determinada nesta terça-feira, 3, por uma juíza equatoriana; "Agradeço a todos pela expressão de solidariedade face a este novo e grave abuso da justiça e dos meus direitos. Eu estou bem. Não se preocupem. Eles procurarão nos humilhar e nos levar a ter dificuldades, mas tal monstruosidade NUNCA prosperará em um Estado de direito como a Bélgica", escreveu Correa, que vive na Bélgica desde maio

Rafael Correa denuncia “grave abuso” contra seus direitos
Rafael Correa denuncia “grave abuso” contra seus direitos

247 - O ex-presidente do Equador Rafael Correa comentou a decisão de uma juíza equatoriana que ordenou sua prisão preventiva nesta terça-feira, 3. Pelo Twitter, Rafael Correa classificou a decisão como um abuso contra seus direitos. 

"Agradeço a todos pela expressão de solidariedade face a este novo e grave abuso da justiça e dos meus direitos. Eu estou bem. Não se preocupem. Eles procurarão nos humilhar e nos levar a ter dificuldades, mas tal monstruosidade NUNCA prosperará em um Estado de direito como a Bélgica", escreveu Correa, que vive na Bélgica desde maio. 

Motivo da ordem de prisão seria o descumprimento de uma medida cautelar para que ele comparecesse ao tribunal em Quito nesta segunda. Acusado de envolvimento em uma tentativa de sequestro contra o ex-deputado de oposição Fernando Balda, na Colômbia, em 2012, Correa teria que comparecer a cada 15 dias, contados desde este 2 de julho, para dar esclarecimentos sobre o caso.

O ex-presidente compareceu ao Consulado do Equador na Bélgica nesta segunda-feira 2. Ele alega que não há nenhuma prova que o relacione com o caso (leia mais). 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247