Reafirmando política imperialista, Biden apoia "legítimo direito de Israel de se defender"

Biden faz discurso semelhante aos de seus antecessores e legitima agressão israelense aos palestinos

Joe Biden discursa no Congresso dos EUA
Joe Biden discursa no Congresso dos EUA (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, manifestou "apoio ao legítimo direito de Israel de se defender" e "condena" os ataques com foguetes lançados pelo movimento islâmico Hamas contra várias cidades israelenses, informou a Casa Branca nesta terça-feira (11).

O posicionamento foi anunciado pela porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki em sua entrevista coletiva diária, diante dos graves acontecimentos em Israel e na Palestina. 

"O apoio do presidente (Biden) à segurança de Israel, a seu legítimo direito de se defender, é fundamental e não cederá", disse Psaki, segundo o UOL.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email