Rebeldes marcam batalha final na Líbia

Conselho Nacional de Transio assume o controle do porto de Syrte, cidade natal de Kadafi, e prev tomada da ltima fortaleza das tropas fiis ao ditador lbio at quarta-feira

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Uma das duas últimas fortalezas de Muammar Kadafi está prestes a cair. Ao tomarem o controle do porto de Syrte, a 350 quilômetros a sudeste de Trípoli, as tropas do Conselho Nacional de Transição (CNT) deram um duro golpe nos últimos fiéis do antigo líder líbio. Os rebeldes conseguiram entrar na cidade natal de Kadafi com o apoio aéreo da Otan, mas ainda não chegaram ao centro. Os dois lados se preparam para um confronto nas ruas.

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha se diz preocupado com a situação dos 70 mil habitantes de Syrte, que já estão sem luz e água. Quase não há comida. Testemunhas que conseguiram fugir da cidade dizem que as tropas leais ao ex-ditador estão usando civis como escudo. Segundo a ONU, ao menos 2 mil pessoas escaparam do cerco montado por Kadafi.

Acredita-se que o ex-líder líbio, foragido desde a queda de Trípoli no final de agosto, esteja escondido em sua cidade natal ou em Bani Walid, localizada nas montanhas ao sul da capital. Bani Walid, um vasto oásis onde vivem 100 mil pessoas, está cercada pelos rebeldes. Quase 24 mil civis fugiram da cidade, vítima de intensos combates e de uma forte crise humanitária. A tomada final da região está prevista até quarta-feira, advertiu o CNT. "Nós enfrentamos uma forte resistência, razão pela qual usamos artilharia pesada ", disse o comandante Mohamed al-Seddiq que lidera as tropas do CNT.

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247