CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Reino Unido vai fornecer centenas de mísseis antiaéreos e drones à Ucrânia

"Interessa a todos que a Ucrânia tenha sucesso e que a barbárie de Putin não seja recompensada", afirmou o premiê britânico, Rishi Sunak

Imagem Thumbnail
Rishi Sunak e Volodymyr Zelensky (Foto: REUTERS/Toby Melville)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, embarcou em uma viagem ao Reino Unido nesta segunda-feira (15) para se encontrar com o primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak. Durante o encontro, Sunak prometeu fornecer à Ucrânia centenas de mísseis antiaéreos e drones de ataque de longo alcance como apoio no conflito contra a Rússia.

Após visitar a Alemanha e a França durante o fim de semana e receber novas promessas de ajuda militar, Zelensky chegou à Inglaterra no início da manhã. O governo britânico confirmou sua chegada e informou que a reunião com Sunak ocorrerá em Chequers, a residência de campo dos primeiros-ministros britânicos. Zelensky expressou sua confiança na cooperação com o Reino Unido, afirmando no Twitter: "o Reino Unido lidera no que diz respeito a ampliar nossas capacidades terrestres e aéreas. Esta cooperação continuará hoje. Terei uma reunião com meu amigo Rishi. Vamos estabelecer negociações substanciais frente a frente e com delegações".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Essas negociações são realizadas em um momento crucial, antes de uma reunião de líderes do Conselho da Europa na Islândia, onde Zelensky fará um discurso por videoconferência, e de uma cúpula do G7 no Japão. Sunak destacou a importância de apoiar a Ucrânia na resistência à guerra de agressão russa, afirmando: "não podemos decepcioná-los. A linha de frente da guerra de agressão de Putin pode estar na Ucrânia, mas as linhas de divisão se estendem por todo o mundo. Interessa a todos que a Ucrânia tenha sucesso e que a barbárie de Putin não seja recompensada".

Durante o encontro em Chequers, Sunak confirmará o fornecimento adicional de centenas de mísseis de defesa aérea e mais sistemas não tripulados, incluindo centenas de novos drones de ataque com alcance superior a 200 km. Esses equipamentos serão entregues nos próximos meses, à medida que a Ucrânia se prepara para intensificar sua resistência à invasão russa em curso. Na semana passada, o Reino Unido se tornou o primeiro país ocidental a oferecer à Ucrânia mísseis de cruzeiro de longo alcance, conhecidos como foguetes Storm Shadow.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O Reino Unido é o segundo maior fornecedor de ajuda militar à Ucrânia, depois dos Estados Unidos. Além do fornecimento de equipamentos, o Reino Unido também incluiu treinamento de voo de combate em seu programa de ajuda, embora não tenha incluído aviões de combate no pacote.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO