Risco de tufão na China faz governo mover 200 mil pessoas

Meteorologistas acreditam que a tempestade deve atingir o litoral do pas neste domingo e ser uma das maiores registradas nos ltimos cinco anos

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasil/BBC - As autoridades chinesas retiraram mais de 200 mil pessoas do litoral Leste do país devido aos temores sobre a chegada do tufão Muifa. Meteorologistas acreditam que a tempestade – que deve atingir o litoral da China amanhã (7) – será uma das maiores registradas nos últimos cinco anos.

Cerca de 7 mil embarcações voltaram aos portos. Os ventos do tufão Muifa podem atingir 162 quilômetros por hora, provocando ondas de até 11 metros. Pelo menos 140 voos já foram cancelados e vários trens também foram suspensos.

As províncias de Zhejiang e Jiangsu, próximas a Xangai, são as mais ameaçadas. As autoridades estão pedindo aos moradores que ficaram na região para não saírem de casa.

O Centro Nacional de Previsões Marinhas Ambientais da China divulgou um alerta vermelho para embarcações que pescam no Mar do Leste da China.

O Muifa deve passar pelo litoral e seguir caminho para o Norte do país, de acordo com um dos centros meteorológicos da China.

Nas Filipinas, Taiwan e Japão, o tufão provocou transtornos, como apagões. Em 2005, o tufão Matsa matou 19 pessoas, incluindo sete pessoas em Xangai.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email