Rússia avisa que "nunca aceitará mudança de regime na Venezuela promovida pelos Estados Unidos"

"Não podemos aceitar essa abordagem por razões fundamentais, porque essa é uma continuação da política de mudança de regime que observamos dos americanos nas últimas décadas", disse o vice--ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Ryabkov

(Foto: © Sputnik / Aleksei Nikolsky)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik – A Rússia nunca aceitará o argumento de Washington sobre uma mudança de poder na Venezuela e a renúncia do presidente Nicolás Maduro, afirmou nesta terça-feira (9) o vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Ryabkov.

"O problema é que os Estados Unidos estão colocando a principal prioridade em sua política sobre a Venezuela na demanda por uma mudança no governo legítimo liderado pelo presidente Nicolás Maduro. Não podemos aceitar essa abordagem por razões fundamentais, porque essa é uma continuação da política de mudança de regime que observamos dos americanos nas últimas décadas", disse Ryabkov durante videoconferência sobre as relações entre EUA e Rússia realizada pelo Conselho de Relações Exteriores.

A situação política na Venezuela piorou em janeiro passado, depois que o líder da oposição Juan Guaidó se proclamou presidente interino. Vários países, incluindo os Estados Unidos, o endossaram como líder da Venezuela e instaram o presidente em exercício, Nicolás Maduro, a renunciar.

Os Estados Unidos também aplicaram diversas sanções contra  autoridades e entidades venezuelanas, bloqueando US$ 7 bilhões em ativos pertencentes à empresa nacional de petróleo e gás da Venezuela, PDVSA, e suas subsidiárias.

Maduro, cuja presidência é apoiada pela Rússia e China, entre outros Estados, denunciou as sanções como uma tentativa ilegal de apreender os bens soberanos do país. Maduro chama Guaidó de fantoche de Washington.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email