Rússia diz ter desativado 74 instalações militares da Ucrânia nas primeiras horas de combate

Segundo a Rússia, os alvos desativados incluem 11 aeródromos da Força Aérea, três postos de comando, uma base naval e 18 estações de radar

www.brasil247.com - Base militar bombardeada em Brovary, Ucrânia
Base militar bombardeada em Brovary, Ucrânia (Foto: State Emergency Service of Ukraine/via REUTERS)


Sputnik - Mais de 70 instalações militares terrestres da Ucrânia foram desativadas na sequência dos ataques das Forças Armadas da Rússia, informou hoje (24) aos jornalistas o representante oficial do Ministério da Defesa russo Igor Konashenkov.

Em resultado de ataques russos foram desativadas 74 instalações terrestres da infraestrutura militar ucraniana, incluindo 11 aeródromos da Força Aérea, três postos de comando, uma base naval e 18 estações de radar dos sistemas de defesa antiaérea S-300 e Buk-M1, informou o ministério russo.

Um helicóptero militar ucraniano e quatro drones de ataque Bayraktar TB-2 foram derrubados no decorrer da operação especial para desmilitarizar a Ucrânia, declarou Konashenkov.

Informa-se também que as tropas da República Popular de Donetsk (RPD) que realizam operações na direção da povoação de Volnovakha avançaram uma distância de 7 km.

"O agrupamento de tropas da República Popular de Donetsk [...] avançou a uma distância de sete quilômetros. No decorrer dos combates 14 soldados das Forças Armadas da Ucrânia se renderam", informou o representante da Defesa russa.

Além disso, o Ministério da Defesa da Rússia informou que um avião russo de ataque ao solo Su-25 teve um acidente no âmbito da operação de desmilitarização da Ucrânia.

"Na Força Aeroespacial da Rússia, em resultado de um erro de pilotagem, ocorreu um acidente com um avião de ataque ao solo Su-25. O piloto se ejetou com êxito e já está na base militar", disse o porta-voz da Defesa russa sem especificar o local exato da ocorrência.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email