Rússia fecha a fronteira no Extremo Oriente para impedir a propagação do coronavírus

A região do Extremo Oriente da Rússia que tem uma fronteira terrestre com a China, Mongólia, Coréia do Norte e uma marítima com o Japão, foi fechada pelo governo russo. Até o momento, não há casos na Rússia de infecção pelo coronavírus

Ponte sobre o Rio Amur na fronteira entre Rússia e China
Ponte sobre o Rio Amur na fronteira entre Rússia e China (Foto: Russia Today)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O primeiro-ministro russo Mikhail Mishustin assinou uma ordem nesta quarta-feira (30) determinando o fechamento da fronteira da Federação Russa no Extremo Oriente, como uma das medidas para impedir a propagação do novo surto de coronavírus no país.

Ao abrir a reunião do Gabinete de Ministros, Mishustin declarou que a ordem correspondente "já está em andamento", bem como "outras medidas que o governo tomou" para impedir a propagação do vírus no território russo, informa o site Russia Today.

Por seu turno, o Ministério das Relações Exteriores anunciou que, desde 30 de janeiro, a Rússia suspende temporariamente a emissão de vistos eletrônicos para cidadãos chineses "entrando na Federação Russa através de pontos de controle de fronteiras localizados no país. Extremo Oriente e a província de Kaliningrado, […] na cidade de São Petersburgo e na província de Leningrado".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247