Rússia mantém cooperação com Venezuela apesar das sanções dos EUA

A Rússia voltou a dizer nesta segunda-feira (18) que está disposta a continuar cooperando com a Venezuela na esfera energética e na área técnico-militar, apesar das sanções unilaterais aplicadas pelos Estados Unidos; "Essas restrições não vão em absoluto influir na posição da Rússia", declarou o vice-ministro das Relações Exteriores Serguei Riabkov, no momento em que os Estados Unidos anunciam mais castigos contra Moscou vinculados à ajuda que esta presta à Venezuela.

Rússia mantém cooperação com Venezuela apesar das sanções dos EUA
Rússia mantém cooperação com Venezuela apesar das sanções dos EUA

247, com Sputnik - A Rússia voltou a dizer nesta segunda-feira (18) que está disposta a continuar cooperando com a Venezuela na esfera energética e na área técnico-militar, apesar das sanções unilaterais aplicadas pelos Estados Unidos.

"Essas restrições não vão em absoluto influir na posição da Rússia", declarou o vice-ministro das Relações Exteriores Serguei Riabkov, no momento em que os Estados Unidos anunciam mais castigos contra Moscou vinculados à ajuda que esta presta à Venezuela.

Na semana passada, o secretário norte-americano de Estado, Mike Pompeo, culpou a companhia petroleira russa Rosneft e sua direção de comerciar e comprar petróleo venezuelano, violando as sanções unilaterais impostas por Washington.

Moscou deu a entender no momento oportuno que Washington viola a Carta da ONU ao impor castigos de forma unilateral contra o país sul-americano, em uma clara ingerência nos assuntos internos de um Estado soberano.

Os Estados Unidos pretendem impor novas restrições à Rússia e outros países que respaldem o governo de Nicolás Maduro.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247