Sarkozy tem pressa em lançar novas regras de aperto fiscal

A poucos meses das eleies presidenciais, francs ignora resistncia de Londres e prev para maro lanamento de novo tratado para combater a crise na regio

Sarkozy tem pressa em lançar novas regras de aperto fiscal
Sarkozy tem pressa em lançar novas regras de aperto fiscal (Foto: Fabrizio Bensch/REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Roberta Namour – correspondente do 247 em Paris - A chanceler alemã, Angela Merkel, e o presidente francês, Nicolas Sarkozy, afirmaram ontem que pretendem finalizar as negociações sobre as novas regras de aperto fiscal na União Europeia nos próximos dias.

Sarkozy espera que o novo tratado possa ser assinado no máximo no começo de março, um mês antes das eleições presidenciais na França.

O acordo, aceito em princípio por 26 países membros do bloco e recusado pelo Reino Unido, contempla rigorosas medidas de controle orçamental e sanções para os Estados que não cumprem metas.

Londres se negou a acatar as novas regras porque acredita que colocariam em risco seu sistema financeiro.

Ontem, mais um impasse aumentou a polêmica envolvendo o País de David Cameron e os gigantes França e Alemanha. Nicolas Sarkozy anunciou que aplicará um imposto às transações financeiras, a denominada Taxa Tobin, mesmo se seus colegas da UE se resistirem a adotar uma medida idêntica.

O primeiro ministro britânico expressou sua enérgica rejeição ao imposto, se a medida não tem caráter mundial. França e Alemanha consideram a Taxa Tobin como uma fonte de dinheiro fresco para equilibrar suas desastrosas finanças. Já o mercado financeiro teme evasão de investimentos para outros países sem taxa.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email