Secretário-geral da ONU defende empoderamento feminino

Na véspera do Dia Internacional da Mulher, o secretário-geral das Organização das Nações Unidas, António Guterres, ressaltou em um vídeo que o mundo está "imprevisível e caótico" e, nesse contexto, as mulheres e meninas têm seu direito reduzido; ele criticou duramente as estruturas da sociedade que propagam o machismo e alimentam o abismo de direitos e oportunidades entre homens e mulheres; assista

Na véspera do Dia Internacional da Mulher, o secretário-geral das Organização das Nações Unidas, António Guterres, ressaltou em um vídeo que o mundo está "imprevisível e caótico" e, nesse contexto, as mulheres e meninas têm seu direito reduzido; ele criticou duramente as estruturas da sociedade que propagam o machismo e alimentam o abismo de direitos e oportunidades entre homens e mulheres; assista
Na véspera do Dia Internacional da Mulher, o secretário-geral das Organização das Nações Unidas, António Guterres, ressaltou em um vídeo que o mundo está "imprevisível e caótico" e, nesse contexto, as mulheres e meninas têm seu direito reduzido; ele criticou duramente as estruturas da sociedade que propagam o machismo e alimentam o abismo de direitos e oportunidades entre homens e mulheres; assista (Foto: Gisele Federicce)

Marcelo Brandão - Repórter da Agência Brasil *

Na véspera do Dia Internacional da Mulher, o secretário-geral das Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, divulgou um vídeo defendendo o empoderamento das mulheres. Guterres ressaltou que o mundo está "imprevisível e caótico" e, nesse contexto, as mulheres e meninas têm seu direito reduzido.

Ele criticou duramente as estruturas da sociedade que propagam o machismo e alimentam o abismo de direitos e oportunidades entre homens e mulheres. "Os direitos legais das mulheres — que nunca foram iguais aos dos homens em nenhum continente — estão se esvaindo. [...] Apesar de alguns avanços, posições de liderança ainda são ocupadas por homens e a lacuna econômica baseada no gênero se aprofunda, graças a atitudes ultrapassadas e um machismo chauvinista enraizado", disse.

Guterres afirma que este quadro deve ser mudado, empoderando as mulheres "em todos os níveis". Ele diz que a ONU está traçando um roteiro para o alcance de paridade de gênero e afirma que "objetivos prévios não foram atingidos e agora precisamos sair da ambição para a ação". O líder das Nações Unidas encerra a mensagem dizendo que a organização fará todo o possível para quebrar os preconceitos.

"No Dia Internacional da Mulher, vamos nos comprometer a fazer tudo o que for possível para superar o preconceito arraigado, apoiar o engajamento e o ativismo e promover a igualdade de gênero e o empoderamento das mulheres".

Mulheres na ONU

Para celebrar o Dia Internacional da Mulher, neste 8 de março, a página da ONU News está disponibilizando uma galeria com fotos de algumas mulheres que fazem a diferença nas Nações Unidas, seja em cargos diplomáticos – como a embaixadora brasileira Maria Luiza Ribeiro Viotti, chefe de gabinete do secretário-geral da ONU - ou ajudando ao próximo como Embaixadoras da Boa Vontade, a exemplo das atrizes Nicole Kidman, Angelina Jolie, Emma Watson, Mia Farrow e outras celebridades.

* Com informações da ONU News

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247