Segundo terremoto atinge o sul da Califórnia em 2 dias e deixa danos e feridos

Um terremoto de magnitude 7,1 abalou o sul da Califórnia na sexta-feira, provocando incêndios e afetando prédios, mas deixando poucos feridos apesar de ter registrado uma força oito vezes maior do que um tremor inicial na mesma área um dia antes

(Foto: Lisa Walker / Reuters)

LOS ANGELES (Reuters) - Um terremoto de magnitude 7,1 abalou o sul da Califórnia na sexta-feira, provocando incêndios e afetando prédios, mas deixando poucos feridos apesar de ter registrado uma força oito vezes maior do que um tremor inicial na mesma área um dia antes.

O terremoto aconteceu por volta das 20h20 (01h20 de sábado no horário de Brasília) perto da cidade de Ridgecrest, cerca de 202 quilômetros a nordeste de Los Angeles, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS).

Ele foi seguido por ao menos 16 réplicas de magnitude 4 ou mais, disse o USGS, que também alertou para uma chance de 50% ou mais de outro tremor de magnitude 6 nos próximos dias.

“Tivemos incêndios, vazamentos de gás, tivemos feridos, tivemos pessoas sem energia”, disse a prefeita de Ridgecrest, Peggy Breeden, por telefone. “Estamos lidando com isso da melhor maneira que conseguimos.”

O chefe da polícia de Ridgecrest, Jed McLaughlin, afirmou que até agora apenas feridos leves foram reportados.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247