Sintomas de vítimas na Síria são consistentes com uso de arma química, diz OMS

Representantes da OMS (Organização Mundial da Saúde) afirmaram nesta quarta-feira que os sintomas das vítimas de um ataque na Síria na terça-feira são condizentes com aqueles apresentados por vítimas de armas químicas; "A probabilidade de exposição a um ataque químico é ampliada pela aparente ausência de lesões externas reportadas em casos que mostram um desenvolvimento rápido de sintomas similares, incluindo dificuldade aguda de respiração como principal causa de morte"

Homem respira com máscara de oxigênio e outro recebe tratamento, após suspeito ataque de gás na cidade de Khan Sheikhoun, na Síria. Síria 04/04/2017 REUTERS/Ammar Abdullah
Homem respira com máscara de oxigênio e outro recebe tratamento, após suspeito ataque de gás na cidade de Khan Sheikhoun, na Síria. Síria 04/04/2017 REUTERS/Ammar Abdullah (Foto: Giuliana Miranda)

Da Reuters

GENEBRA - Vítimas de um suposto ataque químico na Síria aparentemente exibiram sintomas consistentes com reação a agentes nervosos, afirmou nesta quarta-feira a Organização Mundial da Saúde (OMS).

"Alguns casos parecem mostrar sinais adicionais consistentes com exposição a químicos organofosforados, uma categoria de químicos que inclui agentes nervosos", disse a OMS sobre o ataque de terça-feira, acrescentando que ao menos 70 pessoas morreram.

"A probabilidade de exposição a um ataque químico é ampliada pela aparente ausência de lesões externas reportadas em casos que mostram um desenvolvimento rápido de sintomas similares, incluindo dificuldade aguda de respiração como principal causa de morte", acrescentou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247