Síria acusa Israel de atacar território

Comando militar afirma que jatos israelenses bombardearam centro de pesquisa militar na província de Damasco; seria a primeira ação direta estrangeira contra o país em 22 meses de conflito

Síria acusa Israel de atacar território
Síria acusa Israel de atacar território (Foto: GORAN TOMASEVIC)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

LONDRES, 30 Jan (Reuters) - Jatos de guerra israelenses atacaram um centro de pesquisa militar na província de Damasco na madrugada desta quarta-feira, disse o comando militar da Síria, negando relatos de que aviões haviam atingido um comboio carregando armas da Síria ao Líbano.

Duas pessoas foram mortas e cinco ficaram feridas no ataque em Jamraya, descrito como um de um número "de centros de pesquisas científicas destinadas a aumentar o nível de resistência e auto-defesa".

O prédio foi destruído, disse o comando militar em comunicado transmitido pela mídia estatal, acrescentando que os aviões cruzaram a Síria abaixo do nível de radar, a norte do Monte Hermon, e voltaram pelo mesmo caminho.

Fontes disseram à Reuters mais cedo que jatos israelenses bombardearam um comboio na fronteira da Síria com o Líbano nesta quarta-feira, aparentemente alvejando armas destinadas ao Hezbollah.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247