Talibã ameaça líderes do Paquistão

Discpulos de Bin Laden juram de morte presidente, primeiro-ministro e chefe do exrcito

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247_ O Movimento Talibã do Paquistão ameaçou de morte, na segunda-feira 2, todas as principais autoridades do país. Estão na lista de jurados de morte pelo terror o presidente Asif Al Zardari, o primeiro-ministro Yiusaf Raza Gilani e o chefe do exército, Ashfiq Pervez. Os três são acusados de terem colaborado com os Estados Unidos na operação militar que matou, na noite do domingo 1, o terrorista Bin Landen, no Paquistão. Antes de entrar em rede de tevê para comunicar a morte, Obama telefonou para o presidente do Paquistão, para agradecer o apoio do país na operação militar e dar as congratulações. Nos últimos anos, os Estados Unidos investiram mais de US$ 20 bilhões no Paquistão, como forma de obter apoio político no combate aos terroristas que usam o país e seus vizinhos para montar bases de operações e planejar atentados.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email