Total de mortos em ataque a mesquita no Egito passa de 230 vítimas

Número de pessoas mortas no ataque a uma mesquita, localizada na Península do Sinai, no Egito, aumentou para 235 pessoas, enquanto outras 130 ficaram feridas; terroristas teriam detonado uma bomba durante oração da sexta-feira e depois começaram a atirar nas pessoas que saíam; posteriormente, foi informado que o Egito realizou um ataque com drones que matou 15 militantes envolvidos no atentado terrorista

Membros da forças antiterrorismo do Egito
Membros da forças antiterrorismo do Egito (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - O número de pessoas mortas no ataque desta sexta-feira (24) em uma mesquita, localizada em uma aldeia a oeste da cidade de Arish, na Península do Sinai, no Egito, aumentou para 235 pessoas, enquanto outras 130 ficaram feridas. O Ministério Público egípcio lançou uma investigação sobre o ataque, enquanto as forças policiais procuram os terroristas.

De acordo com fontes do serviço de segurança do país, citadas pela mídia local, terroristas teriam detonado uma bomba durante oração da sexta-feira e depois começaram a atirar nas pessoas que saíam. Há dados que os terroristas atiraram até nas ambulâncias que tentavam levar pessoas do local do ataque.

O governo egípcio declarou um luto de três dias em homenagem às vítimas do atentado.

Posteriormente, foi informado que o Egito realizou um ataque com drones que matou 15 militantes envolvidos no atentado terrorista.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247