Tribunal determina libertação de Mubarak

Após decisão da Justiça do Egito, o ex-presidente Hosni Mubarak poderá deixar a prisão, uma vez que não existe mais base legal para sua detenção; um advogado disse à Reuters que o ex-ditador poderá ser solto na quinta-feira

Após decisão da Justiça do Egito, o ex-presidente Hosni Mubarak poderá deixar a prisão, uma vez que não existe mais base legal para sua detenção; um advogado disse à Reuters que o ex-ditador poderá ser solto na quinta-feira
Após decisão da Justiça do Egito, o ex-presidente Hosni Mubarak poderá deixar a prisão, uma vez que não existe mais base legal para sua detenção; um advogado disse à Reuters que o ex-ditador poderá ser solto na quinta-feira (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

CAIRO, 21 Ago (Reuters) - Um tribunal egípcio determinou nesta quarta-feira a libertação do ex-presidente Hosni Mubarak, disseram uma fonte judicial e outra de segurança, o que significa que ele poderá deixar a prisão uma vez que não existe mais base legal para sua detenção.

Um advogado disse à Reuters que Mubarak poderá ser solto na quinta-feira.

Mubarak, de 85 anos, está sendo novamente julgado por uma acusação de ordenar o assassinato de manifestantes durante a revolta que resultou na queda dele, em 2011, mas já cumpriu a prisão preventiva máxima nesse caso.

O ex-presidente fora condenado à prisão perpétua no ano passado por não ter evitado a morte de manifestantes, mas uma corte aceitou um recurso neste ano e determinou um novo julgamento.

Embora Mubarak provavelmente não tenha futuro político, sua libertação seria vista por muitos no mundo árabe como a reabilitação de uma antiga ordem de seis décadas de governo militar -- e até mesmo uma reversão da revolta pró-democracia que o derrubou.

(Por Tom Perry)

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email