Trump acusa FDA de atrasar testes de vacina contra o coronavírus para afetar a eleição

"Obviamente eles esperam adiar a resposta para depois de 3 de novembro. Devem se concentrar na velocidade e em salvar vidas!", escreveu o presidente norte-americano, Donald Trump, no Twitter

Donald J. Trump
Donald J. Trump (Foto: Official White House Photo by Joyce N. Boghosian)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acusou neste sábado (22) a Food and Drug Administration (FDA) - espécie de Anvisa estadunidense - de estar atrasando testes da vacina para a Covid-19 para depois da eleição presidencial no país.

Trump afirmou que membros do "estado profundo" da FDA trabalham para atrapalhar empresas farmacêuticas que querem inscrever pessoas em ensaios clínicos para testar vacinas e terapias contra o novo coronavírus.

"Obviamente eles esperam adiar a resposta para depois de 3 de novembro. Devem se concentrar na velocidade e em salvar vidas!", escreveu Trump no Twitter, marcando o comissário da FDA, Stephen Hahn.

Apesar das acusações, o presidente não apresentou provas.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email