Trump ameaça cortar ajuda aos palestinos caso não aceitem acordo de paz

Presidente dos EUA, Donald Trump, ameaçou reter o auxílio aos palestinos se eles não buscarem a paz com Israel; "Quando eles nos desrespeitaram há uma semana por não permitir que nosso grande vice-presidente os visse, e nós damos a eles centenas de milhões de dólares em ajuda e apoio, números tremendos, números que ninguém entende - esse dinheiro está na mesa e esse dinheiro não vai para eles, a menos que negociem a paz", disse

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na Casa Branca 12/01/2018 REUTERS/Joshua Roberts
Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na Casa Branca 12/01/2018 REUTERS/Joshua Roberts (Foto: Paulo Emílio)

Reuters - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou reter o auxílio aos palestinos se eles não buscarem a paz com Israel, dizendo que os palestinos haviam desprezado os EUA por não terem se encontrado com o vice-presidente norte-americano, Mike Pence, durante uma visita recente.

Trump, falando depois de um encontro com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, no Fórum Econômico Mundial, em Davos, disse que busca a paz no Oriente Médio.

Ele afirmou que espera que mentes saudáveis prevaleçam entre os palestinos para buscar a paz.

Mas então advertiu: "Quando eles nos desrespeitaram há uma semana por não permitir que nosso grande vice-presidente os visse, e nós damos a eles centenas de milhões de dólares em ajuda e apoio, números tremendos, números que ninguém entende - esse dinheiro está na mesa e esse dinheiro não vai para eles, a menos que negociem a paz".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247