Trump nomeia embaixador na Venezuela após negar envolvimento dos EUA em incursão fracassada

O presidente dos EUA, Donald Trump, nomeou na quarta-feira James Broward Story para o cargo de embaixador "extraordinário e plenipotenciário" na Venezuela

(Foto: Marco Bello/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - Donald Trump nomeou como embaixador na Venezuela James Broward Story, que trabalha como encarregado interino de negócios da Unidade de Assuntos da Venezuela na Embaixada dos EUA em Bogotá, na Colômbia, e antes ocupava o mesmo cargo na Embaixada dos EUA em Caracas, na Venezuela.

No início da carreira, o diplomata atuou como cônsul-geral dos EUA no Rio de Janeiro, subsequentemente como diretor do Departamento de Narcóticos Internacionais e Aplicação da Lei para o Hemisfério Ocidental e Colômbia, tendo exercido também vários cargos no Afeganistão, Moçambique e México.

Trata-se da primeira nomeação de Washington de embaixador na Venezuela em uma década.

Vale destacar que atualmente os EUA e a Venezuela não mantêm relações diplomáticas, sendo que, em janeiro de 2019, Nicolás Maduro expulsou a missão diplomática americana da Venezuela, por Donald Trump ter reconhecido o deputado oposicionista Juan Guaidó como presidente interino da Venezuela.

A nomeação do novo embaixador dos Estados Unidos na Venezuela ocorre há poucos dias após tentativa de incursão marítima no território venezuelano que, de acordo com Caracas, foi impedida no domingo.

Entre os detidos pelas autoridades venezuelanas em consequência da tentativa falha de incursão, há dois cidadãos estadunidenses.

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, negou que os Estados Unidos estivessem envolvidos na tentativa de incursão marítima. "Se estivéssemos envolvidos, teria sido diferente", disse Pompeo.

Na terça-feira (5), em declarações aos jornalistas na Casa Branca, o presidente americano, Donald Trump, disse que a situação na Venezuela não tem nada a ver com o governo dos EUA. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247