União Química anuncia que vacina Sputnik V começa a ser produzida nesta semana no Brasil

A farmacêutica brasileira União Química informou neste domingo (10) que começará a produzir doses do imunizante Sputnik V na próxima sexta-feira (15) em sua unidade no Distrito Federal, informou o jornal Correio Braziliense

www.brasil247.com - Ampolas da potencial vacina russa contra Covid-19 "Sputnik-V"
Ampolas da potencial vacina russa contra Covid-19 "Sputnik-V" (Foto: REUTERS/Tatyana Makeyeva)


Sputnik - De acordo com a publicação, incialmente a produção será destinada para a exportação, para os países da América Latina que já aprovaram o uso do imunizante desenvolvido pelo Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya com apoio do Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI, na sigla em russo), como Argentina e Bolívia.

As doses serão produzidas no Distrito Federal na fábrica Bthek, pertencente à farmacêutica União Química, que é a parceira do RFPI para a produção da Sputnik V no Brasil, e depois será envasada e fracionada na cidade de Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo.

​Brasil começará produção da Sputnik V em 15 de janeiro

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No dia 29 de dezembro, a farmacêutica submeteu o pedido para a realização de testes clínicos da fase 3 no Brasil à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que ainda está analisando a solicitação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"A agência pediu complementação de informações. Até o momento, não recebemos os dados necessários para continuar a análise", esclareceu a agência reguladora brasileira ao Correio Braziliense.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A União Química, por sua vez, informou à publicação do Distrito Federal que já enviou o Dossiê de Desenvolvimento Clínico de Medicamento (DDCM) à Anvisa para iniciar a produção do imunizante, e acrescentou que submeterá as informações requisitadas pela agência reguladora para a realização dos testes clínicos ainda nesta semana. A empresa pretende iniciar os estudos da fase 3 assim que o pedido for aprovado.  

Mais de 1,5 milhão de pessoas já foram vacinadas com a Sputnik V no mundo até este domingo (10), informou o RFPI em uma nota de imprensa enviada à Sputnik Brasil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O imunizante já foi aprovado em Argélia, Bielorrússia, Sérvia, Argentina, Bolívia e o processo de aprovação da vacina na União Europeia (UE) já foi iniciado. A Sputnik V foi registrada pelo Ministério da Saúde da Rússia em 11 de agosto de 2020, tornando-se a primeira vacina registrada contra covid-19 no mundo. De acordo com o Centro Gamaleya, sua eficácia é superior a 91,4%.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email